Rótulos dos cosméticos: como decifrá-los

Rótulos dos cosméticos: como decifrá-los

Os produtos cosméticos devem ter informação que explique qual é a sua função, como usar com segurança. Segundo o Infarmed, o rótulo deve conter:

  • O nome e o endereço da empresa.

Se os produtos foram fabricados fora da Comunidade Europeia deve estar mencionado o país de origem.

  • O conteúdo nominal no momento de acondicionamento, indicado em peso (g) ou em volume (ml).
  • A data de durabilidade mínima, desde que seja inferior a 30 meses, e, se necessário as condições de conservação.

Deverá mencionar “ A utilizar de preferência antes do final de…”, seguida da data (dia, mês e ano)

Para os produtos cosméticos com durabilidade superior a 30 meses, não é necessária a sua menção. No entanto, é obrigatória a indicação do período após abertura (PAO), seguido do período identificado pelo mês e/ou ano.

O Período após abertura deve ser sempre utilizado, com excepção dos seguintes casos:

– Produtos que se esgotem numa única utilização

– Produtos totalmente imunes ao contacto com o ambiente exterior ou que não apresentem qualquer risco de deterioração passível de prejudicar os consumidores com é o caso de aerossóis ou perfumes por ex.

  • As precauções especiais de utilização.

Devem constar no recipiente e na embalagem.

Permitem um correto uso do produto, para que a aplicação do mesmo seja segura e eficaz.

No caso de não ser possível mencionar as indicações na embalagem devido à pequena dimensão do produto, estas devem constar no folheto informativo. Deve então figurar no recipiente e na embalagem exterior o seguinte símbolo:

  • O número de lote de fabrico.
  • A função do produto.
  • A lista dos ingredientes, de acordo com a nomenclatura internacional INCI (International Nomenclature of Cosmetic Ingredients), pela ordem seguinte:

– Ingredientes com maior concentração, superior a 1 % por ordem decrescente

– Ingredientes com uma concentração inferior a 1%, sem qualquer ordem especial

– Corantes

– Os compostos perfumantes ou aromatizantes devem ser identificados pela palavra “perfume” ou “aroma”

  • O símbolo mais comum que faz referência a reciclagem é o “green dot” ou “ponto verde”. Significa que a empresa está comprometida com a conservação dos recursos naturais e se esforça para reduzir o lixo que produz. Todas as empresas europeias que produzem cosméticos têm a obrigação legal de contribuir com o custo de recuperação e reciclagem da embalagem dos seus produtos.

Deixe uma resposta